terça-feira, 11 de maio de 2021

COVIDÃO

Governos corruptos, ineficazes, incompetentes, perdulários ou, de certa forma, pitorescos, sempre têm grandes escândalos e ganham denominações no mínimo pejorativas. Só para citar alguns dos mais recentes, Lula teve o "mensalão; Dilma, o petrolão e, agora, o de Bolsonaro passará à história como o do "Covidão". Isto porque o que ele, pessoalmente, e sua equipe fizeram - e vêm deixando de fazer - merecem tal denominação, haja vista o número recorde de mortes, o negacionismo durante as medidas sanitárias e a total falta de planejamento no combate à pandemia que causou - e ainda causa - abalos numa estrutura que luta, bravamente, para vacinar e manter vivos cidadãos acuados e sem muita perspectiva a curto e médio prazos pela incompetência de um governo apelidado de "Covidão". 


segunda-feira, 10 de maio de 2021

PRA COMEÇAR A SEMANA

Ah, se a moda da CPI pega!!!!

sexta-feira, 7 de maio de 2021

GOVERNO GENOCIDA

Apesar dos mais de 400 mil mortos pela Covid-19, o plano genocida do governo Bolsonaro não tem dado muito certo em relação aos mais necessitados, os chamados "invisíveis", aqueles que têm recebido ( quando recebem) o mísero - e intermitente -  auxílio emergencial. Isto porque, este enorme grupo, o qual não é vacinado, passa fome, vive drogado, na rua ou de biscates, não morre, contrariando o possível plano de matá-lo. Não é preciso se esforçar muito, tampouco, deixar o extremismo de lado, pra enxergar o óbvio, que é a indiferença deste governo para preservar vida de brasileiros, independente da condição financeira, cor, credo e ideologia. Se Bolsonaro e alguns de seus fiéis asseclas e apaniguados pensaram em aproveitar a pandemia para se livrarem dos "indesejáveis", o tiro saiu pela culatra na mesma proporção de armas nas mãos de pessoas que pensam em usá-las para defesa pessoal e de suas famílias.


domingo, 2 de maio de 2021

PRA COMEÇAR A SEMANA

Sábado, 1° de Maio, Dia do Trabalhador, muita gente foi às ruas manifestar seu apoio ao governo do presidente Bolsonaro. Com tanto desemprego, mortes pela Covid-19, incompetência e crimes praticados, fica claro que o Brasil não é um país sério e, se nada acontecer, devemos todos nos locupletar.

quarta-feira, 28 de abril de 2021

PROBLEMA DAS MOSCAS

Nada contra os propósitos da CPI da Covid, que são republicanos e, extremamente, necessários, haja vista todo o mal que a pandemia causou e continua causando às famílias dos quase 400 mil mortos e por todo o descaso durante estes meses quando o governo não deu importância, nem tratou a doença como deveria ( a começar pelo presidente que parece ter feito "o diabo" para exterminar, de maneira covarde e inepta, parte da população). Mas alguém, em sã consciência, sem extremismo, ideologia cega, radicalismo ou histórico de patologia mental, pode acreditar na completa eficácia de uma comissão parlamentar que tem, entre outros "notáveis", Renan Calheiros e Jader Barbalho como participantes? Alguém acredita que o presidente também não se aliará a todas as demais forças do mal para reforçar o toma lá, dá cá visando atrapalhar as investigações? Finalmente, alguém acredita que a CPI irá punir os verdadeiros algozes dos milhares que se foram pela corrupção, pela incompetência, pelo negacionismo ou por uma guerra diplomática e contra a ciência?


domingo, 25 de abril de 2021

PRA COMEÇAR A SEMANA

Tem gente que só tem coragem vinda da imprensa "aliada e comprada" (jornais, câmeras, microfones, etc.) ou das redes sociais (blogs, faces, whatsapps, etc.) igualmente "comprometidas". Mas, mesmo com tanto, a justiça tarda, não falha. Vem até a cavalo.

quinta-feira, 22 de abril de 2021

BRASIL SEGUE ISOLADO

Não poderia ser diferente: durante a abertura da reunião da Cúpula do Clima, com líderes mundiais, o presidente americano, Joe Biden, literalmente, "deu no pé" minutos antes do colega brasileiro discursar. Pode ter sido uma estratégia política (ambiental), uma vez que Jair Bolsonaro e seu governo têm deixado a "boiada passar" em relação à ações para proteger o clima (desmatamento ilegal),e até, humanitária/ sanitária, pois o descontrole para lidar com a pandemia teria sido outro forte motivo para o descontentamento dos principais líderes e da  saída do recinto do democrata que propôs e preside o encontro. Sem falar no apoio explícito - pouco inteligente, do ponto de visto da diplomacia -  dado ao adversário derrotado, igualmente, lunático e genocida, Donald Trump. Mais uma humilhação para um país que vem colecionando cenas como estas e milhares de mortes provocadas por atitudes equivocadas contra a humanidade.


terça-feira, 20 de abril de 2021

MUNDO SOB ATAQUE

Tirando a fome, que continua sendo nosso problema maior, existe algo muito mais perigoso para o planeta do que o conflito russo-ucraniano, a guerra civil na Síria ou os possíveis OVNIS que alguns dizem ter visto nos céus. É a nova mutação brasileira do Covid-19, que cientistas até apelidaram de "Cepa Bolsonaro", em "homenagem" a um de seus "criadores", por tudo que o presidente vem fazendo com a população de seu país -, por conseguinte, do próprio mundo - contribuindo, significativamente, com o aumento da contaminação e a superação de recordes cada vez mais macabros. Ou melhor, o que não fez - e não faz - para amenizar sua enorme dor, diminuir a propagação de uma pandemia que matou mais de 375 mil pessoas e impedir que fiquemos ainda mais isolados e sejamos considerados quase uma "praga para a humanidade".


segunda-feira, 19 de abril de 2021

PRA COMEÇAR A SEMANA

 "Sou um cara com a experiência de 80 anos com uma cabeça de 30, 40". (Rei Roberto Carlos que acaba de completar mais uma primavera)

quinta-feira, 15 de abril de 2021

DIA D


A cada dia Bolsonaro tenta falar mais como o sanguinário, lunático e psicopata genocida Adolf Hitler. A semelhança tem sido tanta que, mesmo sem o típico bigode, eles se parecem. Apesar de não ter as grandes plateias do assassino austro-húngaro-alemão, uma vez que sua popularidade está a cada dia mais em baixa no "cercadinho", o nazifascista, frequentemente, usa frases de efeito que incluem " esperando sinal do povo, meu exército, o Brasil tá no limite", etc., balões de ensaio pra ver se segmentos diferentes daqueles extremistas aderem às loucuras e despontam no cenário de caos em que vive a maioria do povo brasileiro. Coisas que, graças a Deus, à população coerente e nacionalista e, principalmente, à incompetência do governo, do anti-mito e anti-Cristo, não prosperam. Enquanto o Brasil não tem seu Dia D, vindo das ruas e das instituições responsáveis por "destruir" e afastar lideranças negativas, continuamos a assistir ao festival de imoralidades, irregularidades e boçalidades vindas da boca de um irresponsável e criminoso como Jair Bolsonaro que podem estar perto de se calar caso os aliados e a humanidade vençam, mais uma vez, a grande guerra contra o terror.


segunda-feira, 12 de abril de 2021

SEPARAR JOIO DO TRIGO

A despeito do que prega por aí, quando fala que conhece as "podridões da mídia", que a maioria é "perniciosa, tendenciosa, canalha", etc., o senador Jorge Kajuru não consegue viver sem ela. Na busca por mais espaço, ele acaba de divulgar um áudio de ligação sua para o presidente Jair Bolsonaro, onde várias questões relacionadas a CPIs e impeachment são a tônica de recente conversa telefônica entre os dois. Nela fica claro que ambos estão "afinados" para que, no caso da comissão parlamentar, se investigue governadores e prefeitos também. E que o STF determine análise de pedidos de impeachment de ministros da Corte. As intenções do senador podem até ter sido boas ( embora o inferno esteja cheio delas), mas a verdade é que o presidente pode ter escorregado numa casca de banana e Kajuru ter dado um tiro no próprio pé pois muitas dúvidas e coisas existem entre aquela troca de palavras e a vã filosofia que será, minuciosamente, analisada, debatida e exposta pelas redes sociais. Bem ao estilo do polêmico Kajuru.


domingo, 11 de abril de 2021

PRA COMEÇAR A SEMANA

A psicóloga e ex-senadora, Marta Suplicy, diagnosticou Bolsonaro como psicopata. Disse que ele é "cruel, paranóico, vaidoso, compulsivo, não tem empatia, etc"... Quando vi seu depoimento no Manhattan Connection, da TV Cultura, logo me veio à mente aquele monstro nazista que fez sofrer a humanidade e que também tinha grave doença mental.

sábado, 10 de abril de 2021

INFERNO DE BOLSONARO

A pandemia no Brasil, inegavelmente, está descontrolada e isto se deve às ações tresloucadas do governo Bolsonaro. Por tudo que ele vem fazendo desde os primeiros casos, quando muitos de seus integrantes negaram a ciência e suas recomendações visando à prevenção, tem-se, hoje, um quadro mais horrendo que qualquer obra de Michelangelo, Dante Alighieri, Shakespeare, Stephen King ou qualquer outro que retrate o inferno em que vivemos após as mais de 350 mil mortes provocadas pelo "mito" que não se convence de sua incapacidade física, psicológica, moral. Além de administrativa, por não ter o menor cacoete como gestor, e política por, depois de 30 anos como legislador, não saber comprar e levar a "mercadoria" ( no caso, deputados e senadores). O famoso toma lá, dá cá, que disse saber combater mas que, na verdade, tem ajudado a aumentar o número de baixas nesta guerra que enfrentamos com Forças Armadas neutralizadas e submetidas a interesses outros, bem diferentes do que determina a Constituição e do que, um dia, demonstrou Duque de Caxias, Mascarenhas de Moraes e outros que juraram amar a Pátria, independente do vil metal.


quinta-feira, 8 de abril de 2021

MÃOS DE DEUS EM QUISSAMÃ

Quem chega aos 60, primeiro tem de continuar agradecendo muito a Deus por mais esta oportunidade de viver, intensamente, tudo que Ele nos oferece. Em plena pandemia, provocada pelo coronavírus, que já "exterminou mais de 340 mil brasileiros e dilacerou suas famílias sob o comando de Jair Messias Bolsonaro", o agradecimento é na mesma proporção, principalmente, quando conseguimos chegar à fase da 1a. dose da vacinação, como agora, pelas mãos dos profissionais do Posto do Carmo/Piteiras, em Quissamã (RJ), que vêm atendendo a todos com organização, presteza e dedicação, desde o agendamento até o momento decisivo da 'entrada da dose', fundamentais no combate à Covid-19. A todos, em especial ao Todo Poderoso, rendemos nossas especiais homenagens e nosso pedido para que a ciência e a fé continuem prevalecendo sobre o negacionismo e a imbecilidade de alguns.



terça-feira, 6 de abril de 2021

TRAGÉDIA ANUNCIADA


Nunca torci tanto para uma previsão do doutor Dimas Covas estar errada. Como sempre faz, baseado, única e exclusivamente, na ciência, o diretor do Instituto Butantan aponta abril "como o mês com maior número de mortes causadas pela Covid-19, podendo chegar a 5 mil". Tanto pior do que sua constatação é saber que ela, passado um ano desde o primeiro caso no Brasil, é uma mera consequência de tantos absurdos e nada tem de surpreendente - apesar da grande dor -, uma vez que o governo Bolsonaro não fez o que deveria em relação às vacinas e ainda foi obrigado a apoiar o negacionismo de seu "líder" quanto às regras sanitárias de prevenção, tais como sugerir que se abolisse o uso de máscaras, álcool em gel,  aglomerações, administração de medicamentos ineficazes, cura precoce, etc., além das várias tentativas de se retirar poder de governadores e prefeitos, aliás, os principais responsáveis por não termos chegado aos números previstos por Covas já em 2020. Sendo assim, continuamos contando com a própria sorte, com vacinas insuficientes, com a falta de planejamento e, principalmente, com Deus que deve ser mesmo brasileiro por ter impedido um dos maiores genocídios da História.