domingo, 18 de fevereiro de 2018

PRA COMEÇAR A SEMANA

"A pior ditadura é aquela que vem disfarçada de democracia".( General Augusto Heleno)

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

PANORAMA

JUSTIÇA NO CARNAVAL

Mais uma vez, Niterói e São Gonçalo brilharam, respectivamente, na Passarela do Samba e no palco da maior festa popular do planeta, premiando aqueles que durante muito tempo se prepararam para enfrentar os muitos obstáculos da dificílima disputa pelos postos máximos do Carnaval no lado de lá da Baía da Guanabara. E o resultado não podia ser outro: a Escola de Samba Unidos do Viradouro foi a campeã do grupo da Série A do Carnaval do Rio de Janeiro, enquanto a Unidos do Porto da Pedra ficou em terceiro lugar (o segundo foi para a Escola Unidos de Padre Miguel). Com o título, a agremiação niteroiense ganha o direito de voltar a desfilar no grupo Especial em 2019. Quem conhece um pouco do que as duas escolas fazem para levar alegria, beleza, harmonia, criatividade, empenho e, principalmente, a tradição de promover sempre um belo Carnaval no chão, no corpo, na alma e no gogó - qualidades nem sempre devidamente reconhecidas - sabia que este dia chegaria e, mais cedo ou mais tarde, uma ou outra escola soltaria o grito entalado há muito tempo na garganta por causa das muitas 'artimanhas e armadilhas' produzidas nos bastidores de uma festa com interesses cada vez mais 'espetaculares'. Melhor deixar pra lá e, agora, só comemorar o resultado das duas agremiações que por pouco não fizeram dobradinha este ano na série A.

ENREDOS ENVOLVENTES

Com o enredo Vira a cabeça, pira o coração! Loucos gênios da criação! , a escola de Samba Unidos da Viradouro decidiu falar das loucuras e das criações de grandes gênios da história que conseguiram deixar grandes legados como a energia e a aviação. Já a Porto da Pedra trouxe para avenida o enredo Rainhas do Rádio - Nas ondas da Emoção, o Tigre coroa as divas da canção!, em homenagem às dez cantoras que foram eleitas Rainha do Rádio, em concurso que ganhou mais notoriedade quando começou a ser realizado pela Rádio Nacional. Pelos resultados alcançados pelas representantes dos municípios de Niterói e São Gonçalo, as "loucuras dos gênios" e as "ondas da emoção" foram bem entendidas o que lhes valeu excelentes notas dos jurados.

A QUEM PERTENCE?

Nos bastidores da política e da justiça não se fala em outra coisa: a contratação do ex-ministro do Supremo Tribunal  Federal (STF), Sepúlveda Pertence, a um peso de ouro quase proporcional ao tamanho da corrupção no País - metaforicamente falando - trata de um grande acordão para livrar Lula da cadeia, tirá-lo do páreo - no caso, a disputa pela presidência da República , em outubro - e dar um grande empurrão no candidato que deve sair de um pacto liderado, principalmente, pelo PSDB, pelo PMDB e com a conivência do PT, aliás, sempre assim quando se trata de fazer de tudo para livrar a cara dos membros altos da cúpula baixa e desqualificada. Tudo porque essa gente, que vem arruinando o Brasil há algum tempo, quer se proteger e proteger os ladrões, continuar com privilégios e, claro, tentar diminuir a força do pré-candidato Jair Bolsonaro. O que parece que não vai conseguir pois sua força, cada vez maior, tem vindo das ruas e do grande desejo das pessoas por mudanças e exatamente contra acordos como estes entre Sepúlveda, o STF, o governo Temer, o PSDB de FHC, um PT cada vez mais desgastado e sabe-se lá mais de quem e do quê?

 LULA SEM HABEAS

Só que na onda dos boatos que vêm de Brasília, falando dos muitos acordos espúrios para livrar Lula e fazer alguém ir pro segundo turno, supostamente, contra o deputado Jair Bolsonaro, se esqueceram de combinar com a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que tem deixado claro ser contra o pedido de habeas corpus protocolado pela defesa do ex-presidente para evitar a eventual prisão preventiva dele após o fim dos recursos na segunda instância da Justiça Federal. E a mulher forte da PGR já tem até um parecer argumentando que o habeas corpus não pode ser concedido pelo STF porque o mérito do mesmo pedido ainda não foi julgado pela instância inferior, o Superior Tribunal de Justiça (STJ). Além disso, a procuradora reafirma entendimento favorável do Ministério Público pelo início da execução provisória da pena após julgados os recursos em segunda instância.
“Estes fundamentos mostram que, ao contrário do afirmado pelos impetrantes, a execução provisória da pena de prisão não é desproporcional nem levará injustamente à prisão réu cuja culpa ainda não esteja satisfatoriamente demonstrada. Muito ao contrário. É medida que observa a presunção de inocência, o duplo grau de jurisdição e corrige a grave disfunção que acometia o sistema penal do país”, argumentou a procuradora-geral no parecer. Pelo visto, as pessoas honestas do Brasil (uns 200 milhões de brasileiros e brasileiras) podem continuar acreditando em boa parte da Justiça, a começar por pelo menos uns seis ministros do STF...

TROCANDO DE ROUPA

Passado o Carnaval, quando muitos dizem que começa o ano de verdade, tem-se, agora, menos de oito meses para a decisão política mais importante em quatro anos, uma vez que estarão em nossas mãos ( na verdade, nos dedos indicadores) a escolha do próximo presidente da República, governadores, senadores (2) e deputados federais e estaduais. É chegada a hora de ficarmos atentos a tudo que vem nos cercando em termos de economia, administração, decisões judiciais, corrupção praticada e o envolvimento dos agentes públicos com a coisa pública, portanto, que nos pertence. Existem muitas formas de ficarmos ligados nisto, seja através dos veículos de comunicação, redes sociais e, até, nas muitas fábulas que nos levam a refletir sobre nosso próprio cotidiano. E uma delas que mais gosto é a "Trocando de Roupa" (ou "Navio Fedendo") que propõe atenção máxima quando começarem discursos falando em mudanças. Ei-la:

Navegavam há meses e os marujos não tomavam banho nem trocavam de roupa. O que não era novidade na Marinha Mercante britânica, mas o navio fedia!
O capitão chama o imediato:
– Mr. Ciro, o navio fede. Mande os homens trocarem de roupa!
Responde o imediato:
– Sim, sim, Sir. E parte para reunir os seus homens e diz:
– Marinheiros, o capitão está se queixando do fedor a bordo e manda todos trocarem de roupa. Geraldo, troque a camisa com Dória; Meirelles troque a sua com Temer; Luiz troque a sua com Marina (única mulher a bordo, ao lado de Luciana), Huck troque a sua com Maia … e assim prosseguiu.
Quando todos tinham feito as devidas trocas, volta ao capitão e diz:
– Sir, todos já trocaram de roupa.
O capitão, visivelmente aliviado, manda prosseguir a viagem.



DINHEIRO EXTRA


A Embratur não para de comemorar os resultados da concessão do visto eletrônico para turistas oriundos dos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão. Segundo o Ministério do Turismo, somente no período do carnaval, mais de 400 mil turistas estrangeiros ingressaram no Brasil, injetando na economia R$ 11,4 bilhões, além de 10,7 milhões de turistas nacionais e, nestes tempos de crise, a "graninha dos gringos" cai bem. Para o presidente da Embratur, Vinícius Lummertz, o visto eletrônico é uma grande mudança na estratégia de internacionalização do turismo do Brasil. A expectativa da Associação de Agências de Viagens dos Estados Unidos (USTOA, na sigla em inglês) é que, nos próximos meses, dobre o número de turistas americanos que visitam o Brasil por causa dessa facilitação, fazendo com que o País seja o primeiro destino dos americanos (a Argentina ainda é o primeiro destino). Lummertz observou, contudo, que isso requer tempo. “Mas a reação foi imediata”. Os agentes de viagens que trabalham em casa, chamados 'home brokers', também estão com a expectativa que a derrubada dessa barreira facilite muito a vinda dos americanos e canadenses para cá.  A vice-presidente da Associação de Hotelaria da Austrália, Lyn Humphreys, falou que a medida agradou aos australianos, que precisavam fazer longas viagens até os consulados do Brasil naquele país e agora conseguem o visto pela internet em apenas 72 horas, contra os dois meses anteriores. Pra quem viaja por aí, principalmente, para lugares que não facilitam muito a vida dos turistas, fazendo-os passar por uma via crucis e gastar um bom dinheiro, os vistos eletrônicos são uma mão na roda... do avião.

FRASE DA SEMANA: "Dizem que as coisas, no Brasil, só começam após o Carnaval...então, Feliz Ano Novo"!

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

PANORAMA

BRINCADEIRA SEM GRAÇA

Mais uma criança morre por causa das redes sociais e, principalmente, pelo desleixo de pais que acham que devido ao avanço tecnológico e à globalização deve-se dar liberdade para que os filhos não fiquem 'pra trás no futuro' - como muitos justificam por aí - deixando de ficar atentos ao que eles vêm fazendo quando estão ligados na Internet e suas muitas armadilhas, jogos e várias maldades vindas do outro lado da tela. E foi em mais uma delas que uma menina de sete anos, de São Bernardo do Campo (SP), caiu semana passada quando, ao brincar do "desafio do desodorante" (que consiste em inalar o desodorante e manter a boca fechada pelo máximo de tempo), desmaiou e teve uma parada cardiorrespiratória, vindo a óbito minutos depois de os médicos da UPA tentarem manobras para reanimar a criança. Ninguém, em sã consciência, pode ser contra a importante ferramenta que é a Internet. Ninguém deseja que seus filhos e filhas brinquem apenas de carrinhos, bolas, bonecas e de fazer comidinha. Correr, pular, subir em árvores, desfrutar da natureza, etc. Entretanto, em nome de uma cultura que o Brasil ainda não tem, muitas vezes se disponibiliza celulares de última geração, cujo conteúdo é ilimitado e, pior, sem o devido controle e a atenção constante por parte dos pais e responsáveis pelas crianças que, neste ambiente de 'liberdade', acabam caindo no perigoso mundo do inimaginável, da fantasia, da lavagem cerebral e dos jogos imbecis que comprometem e sacrificam a saúde física e mental de seres despreparados e, quando sozinhos, não sabem enfrentar desafios maiores.

SEM VOTO

Enquanto a corrida presidencial ainda não é pra valer, isto é, não começam a entrar em vigor os prazos para registro das candidaturas e a Ficha Limpa não pega alguém, principalmente, aqueles condenados em segunda instância por terem praticado crimes hediondos como corrupção passiva e lavagem de dinheiro, algumas pesquisas vão surgindo no longínquo cenário de desinteresse da população que, além do Carnaval, futebol, praia e chopp de (quase) todos os dias, também vê na corrupção e falta de credibilidade na classe política fortes elementos para não participar do processo eleitoral em outubro próximo. E foi o que resultou da última sondagem do Datafolha, feita entre 29 e 30 de janeiro: 1 de cada 3 brasileiros (32%) pretende anular o voto para presidente nas próximas eleições. É o maior percentual já registrado pelo instituto de pesquisa no começo do ano eleitoral. Antes disso, o percentual mais alto de brancos e nulos em pesquisas havia aparecido nas eleições 2014, com Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSC) - 19%. Para Mauro Paulino, diretor do instituto, é possível que essas eleições tenham o maior percentual de votos em branco ou nulo. "Vários indicadores mostram que eleitores não estão satisfeitos com candidatos e partidos. É difícil de prever, mas não será surpresa se a gente tiver a maior taxa de brancos e nulos desde a volta das eleições diretas", afirma. Nas eleições presidenciais de 2014, os brancos e nulos somaram 9,6% dos votos. O maior percentual já registrado foi de 19%, nas eleições de 1994. Tudo bem que o Datafolha não seja nenhuma Brastemp em termos de imparcialidade, pois a cada pesquisa, editorial ou mesmo na seção de Cartas dos Leitores, percebe-se uma leeeeeeeeeve tendência a apoiar a turminha da esquerda liderada por ex-presidente corrupto e condenado e um PT cada vez mais queimado com grande parte do eleitorado que o Datafolha insiste em não querer - e não poder - ver.

VOLTA DO GAROTINHO

Tem político que ainda vive no tempo de se fazer de morto, de esquecido, despretensioso e até de vítima, mas ninguém esquece. Por mais que tente ficar de fora dos holofotes, pelo menos, temporariamente, os problemas causados por ele não deixam a Justiça largar do seu pé. E foi o que fez a Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro (PRE/RJ) que acaba de representar contra o radialista e ex-governador do estado Anthony Garotinho por propaganda eleitoral antecipada, a partir de declarações que fizeram referência também ao crime de corrupção. Em vídeo, divulgado em sua página pessoal no Facebook para promover possível campanha ao executivo fluminense, Garotinho falou sobre metas de governo, fez promessas e pediu explicitamente votos, condutas vedadas pela legislação neste período. O radialista também declarou disposição para comprar deputados se for eleito sem formar maioria na Assembleia Legislativa (Alerj). A PRE pede que o vídeo seja retirado imediatamente do ar. “As palavras do representado não se coadunam com o momento histórico-social crucial que o país atravessa, em que práticas inaceitáveis como as mencionadas têm mobilizado o Ministério Público e o Judiciário. Anthony Garotinho propala esse tipo de ilícito como se fosse algo comum, corriqueiro e, sobretudo, impunível”, destaca o procurador regional eleitoral Sidney Madruga. Como se vê, Garotinho, que, recentemente, disse ter sido atacado quando esteve preso em Benfica, está sempre arrumando um jeito de contrariar a legislação eleitoral que, aliás, conhece muito bem haja vista ter disputado - e ganho - várias eleições. Só que ele, às vezes, se esquece que na vida ninguém pode ganhar tudo o tempo todo. Nem falar o que quer, tampouco, o que pensa.

MAR DE GENTE

Muitos vídeos viralizaram nas redes sociais com aquelas milhares de pessoas que, domingo passado, brincavam animadas na Banda do Ingá - também conhecida como Banda do Ingá(llo) já que o vereador licenciado, hoje à frente da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, Luiz Carlos Gallo de Freitas, foi um de seus principais idealizadores - com o seguinte texto: - Já pensou essa multidão cobrando saúde, emprego, segurança e educação para o Brasil? Teríamos conseguido nossos direitos a (sic) muito tempo. Infelizmente o povo se vende pro Carnaval e pras festas e depois volta a velha frase "o país está em crise".  Por mais que vídeos assim retratem a realidade, já que a maioria dos brasileiros gosta, mesmo, mais de samba, suor e cerveja, eventos tradicionais como o de domingo na orla de Niterói são importantes pelos momentos de descontração e alegria que promovem (e no caso do Bloco Banda do Ingá, ainda foram arrecadadas mais de 12 toneladas de alimentos que foram distribuídas para instituições de caridade). No entanto, passada a maior festa popular, bem que a população também poderia continuar 'cantando' marchinhas e sambas pedindo prisão para os corruptos e mais saúde, emprego, segurança, educação,...

 PREVIDÊNCIA NA AVENIDA

E por falar em Carnaval, será que o governo perdulário, corrupto e arrogante de Michel Temer vai aproveitar a Festa de Momo para continuar cooptando, comprando e humilhando deputados para aprovar a Reforma da Previdência? Será que o presidente e a camarilha palaciana composta por Moreira, Padilha, Jucá, Meirelles, Marun, Maia e má companhia ilimitada conseguirão os 308 votos necessários? Dizem os experts em put...., digo, safadeza política, que este ano o governo não conseguirá aprovar projetos importantes como estes por ser ano eleitoral e pela absoluta falta de credibilidade de um governo que só não caiu por absoluta covardia e comprometimento de um Congresso Nacional incapaz de cumprir com suas verdadeiras prerrogativas por ser refém da corrupção e da falta de vergonha na cara da maioria de deputados e senadores brasileiros.

PAPAI BOQUIRROTO

Todo mundo está assistindo perplexo a maneira pela qual o governo Temer quer, porque quer, emplacar a deputada Cristiane Brasil - mais enrolada na Justiça e nos impropérios que vem vociferando por aí - como ministra do Trabalho. Muitos acreditam que o objetivo é agradar seu pai, o canalha, corrupto e falastrão Roberto Jefferson, presidente do PTB, partido necessário para a aprovação da Reforma da Previdência, que vê na indicação da filhota a ascensão da família ao poder e um reparo por injustiças praticadas contra ela. Outros, como o deputado neófito Carlos Marun (que conseguiu chegar longe no Planalto pela "coragem" que tem para ficar ao lado das coisas erradas) dizem ser porque é prerrogativa exclusiva do presidente nomear, exonerar, roubar, ops, e tantas outras que não podem sofrer interferências de outros poderes. Mas a verdade é que papai "Smurf" Jefferson também é muito conhecido pela voz que tem e usa bem, não como cantor de ópera e, sim, por, dependendo dos interesses pessoais, falar (quase) tudo que sabe, delatar ex-companheiros, enfim, fazer o diabo para defendê-los. E, em se tratando de governo Temer e organização criminosa, pela corrupção praticada por eles, não faltará assunto e denúncia para o ex-deputado - pré-candidato a deputado federal, agora por São Paulo pra onde se mudou com mala, cuia e título - jogar no ventilador. Sendo assim, a camarilha do Executivo e grande parte do Legislativo não quer nem pensar na possibilidade dele abrir aquela bocarra.

Frase da Semana: 
Brasil? Fraude explica. (autor: Carlito Maia, que não deve ser parente de Rodrigo Maia, César Maia e do relator da Reforma da Previdência, Arthur Maia)


terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

PRA COMEÇAR A SEMANA

Aviso aos navegantes da política: cuidado com dois pesos e duas medidas porque isso dá problema, processo e, muitas vezes, até cadeia.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

PANORAMA

SEM MORAL

O governo ilegítimo, amoral e imoral do senhor Temer teima em fazer reformas que ninguém quer ( ou quase ninguém pois, como sempre, existem umas poucas exceções, neste caso pessoas ligadas ao setor de previdência privada, etc). Como a da Previdência, que insiste baseado na tese de que não haverá como se fechar as contas nos próximos três, quatro anos. Só que tá todo mundo mais do que careca em saber que o instinto de sobrevivência da bandalheira política brasileira sempre fala alto, isto é, deputados, senadores, boa parte do Judiciário e a poderosa classe unida dos grandes empresários - corruptos e sonegadores - deste País querem garantir seus ganhos, suas mordomias, suas mamatas, enfim, a proteção para que a prática do toma lá dá cá, do meu pirão primeiro e a sujeira e as grandes desigualdades continuem. Se sobrou um pouco de sobriedade e coerência em alguém da República que, pelo menos,  se espere a definição do processo eleitoral - esperamos, com a entrada de representantes novos, sem os vínculos e vícios ligados ao casuísmo e aos interesses pessoais - quando poderá haver, também, o respaldo necessário para o diálogo com a sociedade. Apesar de a justificativa de se implantar um modelo de previdência mais moderno e eficiente, só com um chefe do Executivo consagrado nas urnas haverá apoio suficiente para propor mudanças profundas que mexerão diretamente com a vida de milhões de brasileiros. Sendo assim, não será o governo incapaz, perdulário e golpista de Temer que conseguirá fazê-la. Nem em fevereiro, nem em junho, nem em qualquer sessão de qualquer madrugada de 2018.

TORRE DE BABEL


Enquanto Temer, Meirelles, Padilha, Moreira e, agora, um tal de Marun ( aquele que costuma zombar da população cantando a música de Benito de Paula 'tudo está em seu lugar') tentam cooptar mais 'bravos - e caros - companheiros para a aprovação da Reforma da Previdência, o presidente 'zóio grande' da Câmara, Rodrigo Maia, (DEM-RJ), deu um ultimato ao presidente Michel Temer: ou ele reúne os 308 votos necessários para aprová-la em fevereiro ou não vota mais este ano. O recado foi dado durante café da manhã promovido nesta quarta-feira (31), em Brasília, pela Associação Brasileira de Relações Institucionais (Abrig). O pré-candidato balão de ensaio e, pra lá de assanhado, presidente, vem falando grosso que “não dá para carregar isso para além do mês de fevereiro”.
-Votou em fevereiro, votou. Não votou, será a agenda da eleição. Aqueles que até não queiram discutir na eleição, é melhor votar alguma coisa agora”, afirmou. Mas ele vem alfinetando o governo de várias formas, dizendo que o governo  falhou na comunicação com a sociedade sobre a necessidade de se aprovar com urgência a reforma previdenciária. Na visão dele, o Executivo não conseguiu convencer a população de que o rombo da Previdência é inadministrável e precisa ser atacado imediatamente. Também condenou o governo por ter cortado linhas de crédito da Caixa Econômica Federal para a área de saneamento, o que pode ter atrapalhado alguns 'negócios' da família Maia. 

 PESOS E MEDIDAS

O jornal Folha de São Paulo acaba de soltar uma pesquisa DataFolha de intenção de voto para presidente (o primeiro turno da eleição será no dia sete de outubro) e, pasmem, com as muitas ignomínias que o cercam ao longo das décadas, ele teve a coragem de  apontar a vitória de Lula, um condenado até em segunda instância e prestes a ser preso. Mas em se tratando daquele veículo, suas pesquisas políticas quase sempre são parciais e a serviço do PT, a começar com o rol de perguntas, muitas vezes induzindo a resposta do entrevistado, como no caso em questão. Seu valor seria quase que equivalente a previsões astrológicas pois quem conhece um pouco de estatística ri dos supostos percentuais de acerto que acompanham tais resultados. O que vale para uma amostra uniforme é extrapolado para algo fluído e constantemente mutante como a opinião pública, mas isto não parece ser importante para A Folha de S.Paulo que insiste em dizer que o ex-presidente ainda tá vivinho da silva.

PAÍS DAS FESTAS

Talvez o maior problema do Brasil não seja só a corrupção. Existe um outro, igualmente, gravíssimo que é o desinteresse pela política e por tudo que a cerca. Pelo menos em boa parte do ano.  Conforme nosso tradicional costume, saímos das festas de fim de ano, engatamos nas férias escolares e, agora, vive-se o período pré-carnavalesco quando ocorre uma espécie de paralisia de decisões que tanto na gestão pública como na atividade privada, teríamos de tomar. Depois vêm feriadões santos - ou outros profanos -, festas típicas, a copa do mundo de futebol e, só então, lá pra agosto ou setembro, portanto, há poucos dias das eleições, a maioria 'esclarecida' - ou não - procura saber pra onde ir. Essa nossa abulia comportamental, durante quase todo ano, não está ligada apenas à cultura de achar que política não importa tanto, que não adianta se mudar algo pois eles têm muito poder, etc. É que, nos últimos tempos, a coisa piorou tanto que conseguiu afastar ainda mais o eleitor de um processo que precisa, exatamente, deste desinteresse. Afinal, se não há cobrança e atenção permanentes, a possibilidade de os ratos proliferarem e transmitirem novas doenças é maior. Sendo assim, vamos, cada qual a sua maneira, exterminar mais e mais ratos...


CANA PRA LULA


Muitas são as perguntas da hora, isto é, aquelas que não saem da cabeça da maioria das pessoas que acompanham, minimamente, o cenário horripilante de muito caos e corrupção em que os políticos afundaram o País. Mas existe uma que supera todas: o ex-presidente Lula será preso? A cada dia a resposta se torna quase uníssona e apontando para uma única direção, qual seja, apesar de todo chororô do condenado, da petralhada e dos outros loucos que ainda pensam que a coisa é uma grande brincadeira, um faz de conta ao qual eles e muitos outros políticos estavam acostumados, uma grande armação para arruinar com o PT ( mais? impossível!) ou a Justiça vai se render ao pretenso e imaginado poder que insistem ter, o maior criminoso da história do Brasil está com os dias contados e a qualquer momento fará companhia a outros ladrões e traidores da Pátria. De nada vai adiantar fazer pressão sobre os outros graus , principalmente, o STF, que como a presidente Carmem Lúcia disse, " não irá se apequenar só para atender interesses surgidos após a decisão de prender condenados em segunda instância", tampouco querer dar uma de mártir e achar que organismos internacionais exercerão algum tipo de influência expressiva sobre nós (ONU, OEA, etc), pois os muitos brasileiros e brasileiras de bem (uns 200 e poucos milhões) estão mais do que convencidos de que " o cara" se aproveitou do cargo, do poder e da coragem que teve para fazer aquilo tudo que a Justiça provou que ele fez e muitas outras coisas que estão sendo investigadas para incluí- lo na Lei da Ficha Limpa, retirando- o de qualquer processo eleitoral e, melhor, trancafiando-o numa boa prisão de segurança máxima mostrando a todos que o crime não compensa. Agora é só uma questão de alguém dar o tiro de misericórdia ( no caso, uma canetada com a justa dosimetria) naquele que um dia conseguiu enganar tanta gente, usando de um partido que hoje ninguém mais duvida que foi criado para atender interesses particulares e transformar o País em mais um daqueles atrasados e malditos ditadores bolivarianos e comunistas da ilha cubana e daqui mesmo. Felizmente, a Justiça tarda mas não falha e em breve estaremos livres, de verdade, de pesadelos chamados Lula, PT e de todos os esquerdopatas inimigos do Brasil.

CALA A BOCA, MAGDA

A ex-quase-futura ministra do Trabalho, deputada Cristiane "Jefferson" Brasil (PTB-RJ) tem perdido a oportunidade de ficar quieta. Depois de ter cometido faltas graves em relação a direitos trabalhistas de ex-empregados - os quais nega peremptoriamente - ela viralizou um vídeo estranho, com uns caras estranhos, roupas e atitudes esquisitas, nas redes sociais, onde aparece falando uma série de impropérios, pasmem, contra a própria Justiça do Trabalho. "Todo mundo tem direito de pedir qualquer coisa na Justiça. Todo mundo pode pedir qualquer coisa abstrata. O negócio é o seguinte: 'quem é que tem direito?', ainda mais na Justiça do Trabalho. Eu, juro pra vocês, eu juro pra vocês, que eu não achava que eu tinha nada para dever para essas duas pessoas que entraram [com ação] contra mim. E eu vou provar isso em breve", declarou Brasil. Só que não, deputada. A senhora já foi condenada a pagar por seus erros (o tal do jeitinho brasileiro), recorreu, é verdade, mas não fica nada bem uma pretensa ministra falar mal, exatamente, de um ministério que existe para resguardar direitos, ou que existe pra isso. Mas aí é uma outra história...


CANA PRA LULA

Muitas são as perguntas da hora, isto é, aquelas que não saem da cabeça da maioria das pessoas que acompanham, minimamente, o cenário horripilante de muito caos e corrupção em que os políticos afundaram o País. Mas existe uma que supera todas: o ex-presidente Lula será preso? A cada dia a resposta se torna quase uníssona e apontando para uma única direção, qual seja, apesar de todo chororô do condenado, da petralhada e dos outros loucos que ainda pensam que a coisa é uma grande brincadeira, um faz de conta ao qual eles e muitos outros políticos estavam acostumados, uma grande armação para arruinar com o PT ( mais? impossível!) ou a Justiça vai se render ao pretenso e imaginado poder que insistem ter, o maior criminoso da história do Brasil está com os dias contados e a qualquer momento fará companhia a outros ladrões e traidores da Pátria. De nada vai adiantar fazer pressão sobre os outros graus , principalmente, o STF, que como a presidente Carmem Lúcia disse, " não irá se apequenar só para atender interesses surgidos após a decisão de prender condenados em segunda instância", tampouco querer dar uma de mártir e achar que organismos internacionais exercerão algum tipo de influência expressiva sobre nós (ONU, OEA, etc), pois os muitos brasileiros e brasileiras de bem (uns 200 e poucos milhões) estão mais do que convencidos de que " o cara" se aproveitou do cargo, do poder e da coragem que teve para fazer aquilo tudo que a Justiça provou que ele fez e muitas outras coisas que estão sendo investigadas para incluí- lo na Lei da Ficha Limpa, retirando- o de qualquer processo eleitoral e, melhor, trancafiando-o numa boa prisão de segurança máxima mostrando a todos que o crime não compensa. Agora é só uma questão de alguém dar o tiro de misericórdia ( no caso, uma canetada com a justa dosimetria) naquele que um dia conseguiu enganar tanta gente, usando de um partido que hoje ninguém mais duvida que foi criado para atender interesses particulares e transformar o País em mais um daqueles atrasados e malditos ditadores bolivarianos e comunistas da ilha cubana e daqui mesmo. Felizmente, a Justiça tarda mas não falha e em breve estaremos livres, de verdade, de pesadelos chamados Lula, PT e de todos os esquerdopatas inimigos do Brasil.