quarta-feira, 29 de setembro de 2010

À LUZ DA PSICO

Síndrome de burnout é uma doença moderna, cada vez mais comum no Brasil e no mundo. Significa esgotamento profissional depois de muito estresse no trabalho e acomete geral e especialmente quem lida com o público.

ESSE ZÉ SIMÃO!!!!!!!!!


LULA DECLAROU OUTRO DIA:
" Na verdade, não sei quando sou presidente e quando sou candidato".
O Zé Simão, na Folha de São Paulo, inteligentemente acabou com a dúvida:
" Quando ele está fazendo m.... é presidente; quando está prometendo m.... é candidato." e " quando ele sabe de tudo, é candidato; quando ele não sabe de nada, é
presidente ".

Para os chineses, 2009 foi o ano do BOI e este ano é o do TIGRE.
Felizes são eles que, a cada ano, trocam de animal.
Nós estamos há 7 anos com o mesmo jumento!
E corremos o perigo de trocar por uma égua....

DOMINGO É "O DIA"

Estamos na reta final da campanha que vai apontar quais serão nossos representantes nos poderes Legislativo, Executivo e, até, no Judiciário, uma vez que é permitido a governadores e presidente indicar ministros e conselheiros nos diversos tribunais espalhados pelo país, os quais, baseados em leis arcaicas, detêm um poder bem próximo ao absolutismo e muitas vezes fora do que esperam a sociedade e as instituições representativas. Normalmente, poderíamos dizer que este é o momento mais importante para se começar a passar tudo a limpo, abolindo os verdadeiros fichas sujas, escolhendo aqueles que vão, de fato, legislar em prol da população ou realizar obras de interesse público, sem cometer os habituais crimes de improbidade que acarretam em falta de segurança, índices de educação avaliados por baixo e saúde comparáveis a países subdesenvolvidos. Domingo, três de outubro, é uma boa oportunidade para se pensar em diminuir o assistencialismo e o clientelismo que nos envergonham e derrotam nas urnas e acabar com a história de que a responsável pela desigualdade social é a falta de verba quando na verdade todos sabemos ser seu desvio o grande mal do Brasil. Avaliar quem tem vida pregressa ilibada e capacidade para assumir um mandato é obrigação de todos nós, assim como expurgar da vida pública candidatos que não conhecem suas prerrogativas, não abraçaram a ideia de promover reformas e, principalmente, sob o pretexto de não saber de nada, permitiram tráfico de influência, quebras de sigilo e o crescimento da corrupção em todos os aspectos.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

FRASE DA SEMANA

O GRANDE JUIZ DA ELEIÇÃO É O ELEITOR.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

EFEITO CASCATA

A pesquisa Datafolha de intenção de votos para a presidência da República, divulgada, ontem, indicou queda da vantagem da petista Dilma Rousseff sobre o candidato do PSDB, José Serra. Entre os eleitores de classe média, a intenção de voto em Dilma despencou. No resultado geral, ela perdeu dois pontos percentuais em relação à pesquisa anterior, caindo de 51% para 49%. Já Serra subiu de 27% para 28%, e Marina pulou de 11% para 13%.

COMO DIZ CHICO

Por várias razões, ainda somos um país em desenvolvimento, como se diz desde o descobrimento. Em termos de política-administrativa, o que vêm fazendo o presidente e a maior parte dos congressistas é um vergonha. Praticamente, desde junho, o país está parado, com esta gente em campanha, viajando pra lá e pra cá, como se receber salários sem trabalhar fosse a coisa mais normal do mundo. Aliás, talvez só nesta parte do planeta um presidente faça, descarada e abertamente, uma campanha para eleger sua sucessora, é multado, não paga e continua fazendo as mesmas coisas. E .... e andando. Imagino se nós, eu e vocês, ficássemos tanto tempo sem trabalhar e nem ao menos aparecêssemos no local de trabalho. E ainda tratássemos os patrões com ironia. Talvez seja por estas e outras que batalhas no Supremo, como a da Ficha Limpa, estejam tão emperradas, com questionamentos e interpretações que, além de sangrar o processo eleitoral em curso, parecem querer dar guarida a malandros acostumados à boa vida e à ganhar tudo no grito. Enquanto isso, a sociedade vai "tiriricando, toffolizando" e "levando" como diz o poeta popular.

DISCO VOADOR EM NITERÓI

video

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

FICHA LIMPA TEM NOME E NÚMERO. CHRISTINO, 33233

1- Continuando (a pedidos) a "série" em quem eu voto, no próximo dia três pretendo digitar o número 33233 para deputado estadual e ajudar a reconduzir CHRISTINO ÁUREO à Alerj. Ele é dos meus, porque é Ficha Limpa, batalhador pelas causas que acredita, incondicional voz do interior principalmente quando o assunto é a agricultura e costuma agir com lealdade e transparência. E isto faz dele um bom político, um bom nome para representar o Estado do Rio e um candidato para levar nosso voto e recomendar tantos outros.

2- ...e para governador, não tem como ficar contra a maioria que acredita em SÉRGIO CABRAL e quer que ele continue à frente do Rio. Seu jeito de fazer política, concentrando esforços para que o estado continue crescendo e melhorando os serviços de segurança, saúde, educação e transporte, justificam eu também apertar o 15. SÉRGIO CABRAL, 15.

3- Não é que Serra começou a reconquistar um pontinho a cada dia. Se ele mantiver esta tendência, acompanhado pelo percentual da Marina, as possibilidades de haver 2º turno voltam como há quatro meses.

4- ORDEM DE VOTAÇÃO NAS ELEIÇÕES 2010:

I – DEPUTADO ESTADUAL
II – DEPUTADO FEDERAL
III- SENADOR PRIMEIRA VAGA
IV – SENADOR SEGUNDA VAGA
V – GOVERNADOR DE ESTADO OU DO DISTRITO FEDERAL
VI – PRESIDENTE DA REPÚBLICA

terça-feira, 21 de setembro de 2010

QUITAÇÃO ELEITORAL

Sabe aquela "tirinha" que guardamos após as votações? Aquela que comprova que votamos e é solicitada na hora de tirar passaporte, CTPS, se inscrever em alguns concursos, etc.? Você que, como nós, entupia a gaveta com este comprovante, tem, agora, a possibilidade de jogar tudo no lixo, sem gastar um centavo. Basta acessar o site do TSE (abaixo) e imprimir o comprovante de quitação eleitoral.
http://www.tse.gov.br/internet/servicos_eleitor/quitacao_blank.htm

domingo, 19 de setembro de 2010

SERRA PASSOU LÁ EM CASA


O candidato José Serra, aquele que as pesquisas apontam como derrotado nas intenções de voto, esteve na porta de nosso prédio, ontem, e nem ao menos estávamos lá para recebê-lo. Cumprimentou a turma da Moreira César, da Praia de Icaraí, conversou com fregueses da Beira Mar, beijou nossa síndica e até acenou para os vizinhos (conforme foto original enviada). Pena que não estávamos em casa. Mas não tem nada, não. Na próxima, mandaremos "passar" um cafezinho pra ele e pra sua comitiva.

FRASE DA SEMANA

VOTAR BEM É ESCOLHER ALGUÉM QUE SE IDENTIFICA COM VOCÊ, COM SUA CIDADE, SUA CLASSE POLÍTICA. E SEJA FICHA LIMPA, CLARO!

O POLVO PT


Quanto mais se aproxima o dia das eleições, mais crescem as possibilidades de o PT completar pelo menos 20 anos no poder e os escândalos como o que vimos acontecer, novamente, na Casa Civil. Antes, com o ex-ministro José Dirceu e, agora, com Erenice Guerra, o ministério number 1, por onde passa o que há de mais importante para o governo e para o país, tem sido alvo principal da mídia e achincalhado por membros do alto escalão que tentam fazer dela a Casa da Mãe Joana. Por mais que neguem e digam não saber de nada, está ficando bastante claro que existe, sim, incontrolável tráfico de influência, compadrio e nepotismo e Brasília, ao contrário do que um dia imaginaram alguns, tornou-se a capital nacional da corrupção. Se tudo der certo para eles e forem confiáveis todas as pesquisas que apontam a vitória de Dilma já no primeiro turno e a popularidade de Lula alcançando índices sem precedentes na história, casos como quebra de sigilo, cerceamento à imprensa, corporativismo (e cartões corporativos), dinheiro viajando em cuecas, mensalões e coisas assim correm o risco de se tornar uma rotina ainda maior.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

PÁ DE CAL


Quando se trata de defender interesses é, literalmente, uma guerra. Como a que está sendo travada para ocupar a presidência da República. Há poucos dias das eleições, o quadro que se apresenta é de quebra de sigilo de um lado e denúncias de tráfico de influência na Casa Civil, do outro. Muito mais grave que o vazamento de informações da filha e do genro de José Serra, são os fortes indícios de pedidos de propina feitos pelo filho da ex-ministra da Casa Civil, Erenice Guerra, que culminaram com sua exoneração "em caráter irrevogável". Afilhada da candidata petista, Dilma Rousseff, que é afilhada e indicada do presidente Lula, Erenice está no meio de mais um escândalo envolvendo membros do primeiro escalão que, nesta reta final da campanha, coloca sob suspeita - e na mira dos opositores - o ministério mais importante do governo e a própria campanha que corre o risco de ficar desacreditada perante boa parte da opinião pública. Cabe, agora, à Polícia Federal e à Justiça, prosseguirem com as investigações e processarem todos os envolvidos. E a nós, separando o joio do trigo, avaliar, com isenção, o que é melhor para o país no próximo dia três de outubro.

FIM DA LINHA

A quase duas semanas das eleições, a batalha já terminou para um em cada dez candidatos. Das 22.570 candidaturas registradas na Justiça Eleitoral nos estados e no Distrito Federal, 2.726 foram completamente descartadas por terem sido consideradas inaptas – seja por critérios de inelegibilidade, seja por falta de documentação, desistência ou morte dos candidatos. Outros motivos para a corrida ter parado para esses são candidatos, por exemplo, são a falta de filiação partidária e a não quitação de pendências eleitorais.

HONROSO CONVITE

Acabo de receber convite dos senadores Demóstenes Torres e Valter Pereira para participar de audiência pública sobre Novo Código de Processo Civil. A reforma tem como objetivo reduzir o número de recursos e racionalizar a tramitação dos processos, sem comprometer o direito de defesa. Há muito que se defende a necessidade de a Justiça dispor de um mecanismo mais célere e econômico e a reforma pode ser uma ótima alternativa. Apesar de não poder participar, torço para que o novo código entre logo em vigor pois ninguém aguenta mais ver ações se arrastarem à exaustão de qualquer bom senso.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

MUITA CALMA NESSA HORA

Parece que Dilma tá fazendo escola. Ela, que não sabe lidar muito bem com situações adversas, quando entrevistada ou sob pressão, agora tem um concorrente à altura em todos os sentidos. Pegou mal a atitude do candidato do PSDB. VEJA NO VÍDEO:

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

TÁ CHEGANDO A HORA

1- O site Ficha Limpa anunciou que já tem em seu acervo a ficha de mais de 90 políticos e que o portal está aberto à consultas e pesquisas dos eleitores.
2- Declarar voto, pode? Claro que sim, haja vista o número de placas penduradas nas casas e adesivos circulando em carros.
3- Apesar de não fazer este tipo de propaganda, a partir de agora vou declarar meus possíveis votos, começando pelo Senado:
...the Oscar goes to...César Maia e Lindberg Farias. O primeiro, pela experiência que vai ajudar o Rio a não perder recursos e o segundo por seu dinamismo e algumas de suas ideias avançadas para o país desde quando o conheci em 1996, em evento político que realizamos em Quissamã.
4- Como se vê, comigo não tem esta de oposição nem situação, pois um é do DEM e outro do PT.
5- Outro dia, a secretária eletrônica ficou entupida de propaganda eleitoral de um certo candidato 22 (partido 22, claro) falando, ele próprio, de seus feitos no passado. É a modernidade, trazendo todo tipo de estratégia para conquistar o voto. Site, twitter, orkut, msn e o KceteA4.

JB 15-09-2010

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR!

CULPA DA IMPRENSA


O ex- deputado e ministro da Casa Civil, homem forte do governo Lula e, possivelmente, de Dilma Roussef (caso eleita) e do Partido dos Trabalhadores (PT), José Dirceu, diz que "há excesso de liberdade de imprensa no Brasil", o que nos obriga a refletir - e muito - sobre esta que é uma das maiores ameaças a qualquer democracia. Seu pensamento é digno de roteiros sobre atos terroristas que defendem o que acreditam ser uma verdade absoluta e, certamente, vem influenciando tanto os companheiros Lula e Dilma que seus ícones mundiais são os presidentes do Irã e da Venezuela, responsáveis por "empastelamentos" e por banalizar a própria política quando tentam calar a principal voz a nos defender. Atitudes, assim, talvez justifiquem a péssima relação que eles têm com a grande imprensa, ficando pouco à vontade quando se trata de dar explicações sobre assuntos de interesse público como, por exemplo, o tráfico de influência e a quebra de sigilo que parecem ser recorrentes no Planalto. Está provado que para quem exigiu tanto o fim da repressão, fez oposição durante anos e chorava pelo pouco espaço na mídia, o PT e alguns de seus principais líderes estão se saindo muito mal quando fogem, dizem não saber de nada e, agora, reclamam do excesso de liberdade e do direito de expressão dos jornalistas.

POSSÍVEL COMPOSIÇÃO DO SENADO

Caso seja eleita, a candidata do PT deve ter "confortável" maioria no Senado. Veja a composição de algumas bancadas estaduais, de acordo com os levantamentos mais recentes:

ALAGOAS
Fernando Collor (PTB) – senador que prosseguirá no mandato – Dilma
Heloísa Helena (Psol) – Plínio de Arruda Sampaio
Renan Calheiros (PMDB) – Dilma

CEARÁ
Inácio Arruda (PCdoB) – senador que prosseguirá no mandato – Dilma
Tasso Jereissati (PSDB) – Serra
Eunício Oliveira (PMDB) – Dilma

DISTRITO FEDERAL
Gim Argello (PTB)– senador que prosseguirá no mandato – Dilma
Cristovam Buarque (PDT)– Dilma
Rodrigo Rollemberg (PSB)– Dilma

MARANHÃO
Epitácio Cafeteira (PTB) – senador que prosseguirá no mandato – Serra
Edison Lobão (PMDB)– Dilma
João Alberto (PMDB)– Dilma

MINAS GERAIS
Eliseu Rezende (DEM) – senador que prosseguirá no mandato – Serra
Aécio Neves (PSDB) – Serra
Itamar Franco (PPS) – Serra

PARÁ
Mário Couto (PSDB)– senador que prosseguirá no mandato – Serra
Jader Barbalho (PMDB) – Dilma
Paulo Rocha (PT)– Dilma

PARANÁ
Alvaro Dias (PSDB) – senador que prosseguirá no mandato – Serra
Roberto Requião (PMDB) – Dilma
Gleisi Hoffman (PT) – Dilma

RIO DE JANEIRO
Francisco Dornelles (PP) – senador que prosseguirá no mandato – Dilma
Marcelo Crivella (PRB) – Dilma
Lindbergh Farias (PT) - Dilma

RIO GRANDE DO SUL
Pedro Simon (PMDB) – senador que prosseguirá no mandato – independente
Ana Amélia Lemos (PP) – independente
Germano Rigotto (PMDB) - Dilma

SÃO PAULO
Eduardo Suplicy (PT) – Senador que prosseguirá no mandato – Dilma
Netinho de Paula (PCdoB) - Dilma
Marta Suplicy (PT) – Dilma

Composição por partido
PMDB- 18 ou 19
PT – 12
PSDB - 10
DEM – 10
PDT – 5
PTB - 5
PR – 5
PSB – 4 ou 5
PP – 3
PCdoB - 3
PRB – 1
PSC – 1
PPS – 1
Psol – 1
PMN – 1

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

O TROPEÇO DE DILMA

Nesta reta final de campanha, a torção no pé da candidata Dilma Roussef pode ter sido causada pelo (mau) uso de salto alto ou é mesmo um presságio, um indício de que algo de ruim vem por aí. A possibilidade de ter havido tráfico de influência na Casa Civil, último posto ocupado pela candidata petista e que, hoje, tem à frente uma indicada sua, deve provocar uma mudança na estratégia da campanha chapa branca - e do padrinho - e um torpedeamento dos outros candidatos mais bem colocados nas pesquisas, alterando as intenções de voto de boa parte dos brasileiros. Mas, se o Brasil continua a não ser um país sério, como reza a lenda e supõe nossa vã filosofia, as pesquisas se sustentarão, ficando tudo dantes como no quartel de Abrantes. E aí, só com terceiro turno...

DO FUNDO DO BAÚ

Dizem que um vereador, ao discursar pedindo votos para seus candidatos a deputado, em determinado momento brada em bom som:
- O povo tem uma dívida de ingratidão com nossos deputados!
Depois de devidamente corrigida a gafe e superado o trauma, a turma mal se conteve e só podia, mesmo, cair na gargalhada.
O que a galera não sabe é que isto, embora pareça uma grande gozação, pode ser um problema dos órgãos fonoarticulatórios ou um distúrbio da fala que deverão ser corrigidos por um médico, um psicólogo ou um fonoaudiólogo. Ainda há tempo. É só querer!

FRASE DA SEMANA

A ingratidão consiste em esquecer, desconhecer ou reconhecer mal os benefícios e se origina da insensibilidade, do orgulho ou do interesse.

DOUTOR NULO

Tenho lido e ouvido por aí que, a cada campanha, cresce o número de pessoas pedindo votos para para um tal de Dr. Nulo. Certamente, o desencanto pela política brasileira e os sucessivos escândalos envolvendo detentores de cargos eletivos fazem parte da plataforma deste "senhor", cuja boa performance nas urnas propõe servir como uma espécie de alerta de que as coisas vão mal, além de deixar claro o repúdio da sociedade aos candidatos e suas propostas cada vez mais esdrúxulas, sem sentido e desacreditadas. Esta forma de se manifestar contrariedade, embora legítima, não é a mais recomendada, como também é perigoso o voto facultativo onde a cultura do clientelismo é muito forte. Apesar de os votos em branco e os nulos não valerem nada, nem serem somados para qualquer candidato, muitos entendem que representam falta de cidadania e até atrapalham o processo eleitoral, uma vez que mais de 50% deles provocam um novo pleito. Sob a ótica da ética e da moralidade, de quê cidadania estamos falando, se muitas vezes ajudamos a eleger pessoas que nem ao menos sabem quais são suas atribuições, se esquecem das promessas feitas e, o pior, cometem os mais variados tipos de desvios? Embora não vote no Dr. Nulo, nem peça votos para ele, acho que deve-se respeitar aqueles que vão à cabine e não votam em ninguém, pois, gostemos ou não, isto ainda é democrático.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

VERSÃO IMPRESSA DO NYT PERTO DO FIM

Ao tomar como base o que disse recentemente o chairman e publisher do The New York Times, Arthur Sulzberger Jr., a iniciativa do Jornal do Brasil em deixar o impresso está correta. Sulzberger participou do International Newsroom Summit, quando afirmou que o NYT vai seguir o mesmo caminho do JB em breve. “Vamos parar de imprimir o New York Times no futuro”, disse, apesar de não informar exatamente quando isso vai acontecer, só que será em uma “data a ser definida”. A migração seria um passo natural, de acordo com o Mashable, segundo o qual, entre 2008 e 2009 os rendimentos publicitários dos jornais caíram 27,2%.

Com informações do Valor Econômico (Redação Adnews)

PERIGO IMINENTE


Aconteceu em São Francisco (EUA), mas poderia ser em São Francisco do Itabapoana, Campos, Quissamã ou qualquer outra cidade do norte do Estado do Rio por onde passam gasodutos e oleodutos que alguns congressistas querem deixar só com o ônus, retirando - ou diminuindo - compensações criadas para áreas de risco e forte impacto ambiental. Pelo menos seis pessoas morreram na explosão de um gasoduto e o posterior incêndio em uma área residencial da costa oeste dos Estados Unidos, anunciou o capitão do corpo de bombeiros do condado de San Bruno. Ele afirmou que o número de mortos deve aumentar com o avanço dos trabalhos de resgate nas casas, destacou o jornal Los Angeles Times. Mais de 100 moradores foram obrigados a deixar às pressas suas residências. No total, 170 casas foram afetadas ou totalmente destruídas à medida que o fogo avançava pela localidade. O governador interino da Califórnia, Abel Maldonado, declarou estado de emergência para a localidade. E ainda tem gente por aqui querendo "pilhar" o pagamento de royalties para quem produz petróleo.

CHOQUE DE ORDEM

Tudo bem que em tempo de vacas magras, toda renda, extra ou não, é sempre bem-vinda. A facilidade maior por uma economia informal, sem vínculo empregatício e a dificuldade de acesso ao mercado de trabalho vêm provocando a proliferação da classe de distribuidores de papéis(ltda) por todas as avenidas, ruas e vielas das cidades. E isto se intensifica, agora, durante as campanhas políticas, quando pequenos espaços, centímetros mesmo, são disputados quase a tapa por aqueles que ali estão divulgando nomes, fotos, números e, raramente, as propostas de "seus" candidatos. O que se observa é que são pessoas muito jovens, talvez estudantes matando aula ou idosas, presumidamente aposentadas, distribuindo santinhos, empunhando cartazes na tentativa de conquistar o voto do eleitor e o melhor da história, receber o seu no fim do dia ou da semana, chova ou faça sol. Apesar de cético em relação aos resultados práticos, pois não acredito que alguém seja eleito por simples papéis ou pela insistência das imagens produzidas por um bom fotoshop, admito que esta informalidade gere alguma receita para elas e não nos cabe reprimir pura e simplesmente. Mas, além das altas taxas de desemprego e analfabetismo negadas pelos governos e um possível trabalho infantil, outros aspectos negativos são a dificuldade de se transitar mais livremente pelas ruas, o despejo de toneladas de material e, em alguns casos, uma poluição que pouco acrescenta ao processo eleitoral e, aí, sim, faz-se necessário um verdadeiro choque de ordem a coibir excessos.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

DANDO SEU SANGUE

Se existe uma coisa que prezo bastante é o esforço de alguém ou alguma instituição para salvar vidas. Não importa se com fins políticos ou profissionais, desde que não se afastem do mais nobre espírito altruísta, como é o caso de minha esposa, assistente social, Márcia, que há mais de 15 anos trabalha com doadores voluntários de sangue na secretaria de saúde de Quissamã. Seja divulgando, orientando, cadastrando ou organizando eventos relacionados à campanha de doação, ela vibra a cada pessoa que a procura para participar do movimento que só tem como objetivo demonstrar o amor ao próximo e salvar aqueles que necessitem de sangue para continuar entre nós. Como estará fazendo na próxima segunda-feira (13), na Praça da Igreja Matriz, no centro, quando Quissamã recebe, mais uma vez, a unidade móvel do Hospital Ferreira Machado, de Campos dos Goytacazes, que percorre diversos municípios da região levando sua estrutura e dando total apoio a campanhas desta natureza. Por outro lado, devemos incentivar, ainda, projetos como o do deputado Dionísio Lins que institui, em caráter permanente, a campanha "Doe seu sangue pelo seu time", na qual o Hemorio implantará um posto volante de coleta de sangue nos estádios em dias de venda dos ingressos para jogos. Os doadores voluntários de sangue receberão um ingresso de cortesia para a arquibancada. “Esta campanha trará aos torcedores dos grandes clubes um incentivo e uma forma de maior aproximação com a doação em dias de vendas de ingressos”, argumenta Lins. A proposta será promulgada nos próximos dias. Sendo assim, quando se trata de salvar vidas, mais do que nunca os meios justificam os fins. E que ninguém venha com clientelismo, mercantilismo e o cacete.

PARA OS QUE TÊM ALGUMA DIFICULDADE

Realmente, a língua portuguesa é muito complexa... até para fazer amor!
O marido, ao chegar em casa, no final da noite, diz à mulher que já estava deitada:
- Querida, eu quero amá-la.
A mulher, que estava dormindo, com a voz embolada, responde:
- A mala... Ah não sei onde está, não! Use a mochila que está no maleiro do quarto de visitas.
- Não é isso querida, hoje vou amar-te.
- Por mim, você pode ir até Júpiter, até Saturno e até a pqp, desde que me deixe dormir em paz.

COMEÇOU...

O Comitê Organizador da Rio 2016 decidiu cancelar o processo de licitação para a escolha de um escritório de arquitetura que faria estudos complementares para as instalações esportivas do Parque Olímpico do Rio, no Autódromo. A decisão foi tomada em meio a críticas de entidades que representam arquitetos e urbanistas sobre o que consideram falta de transparência no processo . O comitê divulgou uma nota oficial sobre o cancelamento, explicando que "na página 4 do edital 014/2010 (item 2, letra D) está explícito que os seguintes itens estão excluídos do escopo: projeto básico (anteprojeto) de arquitetura; projeto legal, executivo, detalhamento, entre outros; projeto de paisagismo; e projetos complementares".

À LUZ DA PSICO


SINAIS NÃO VERBAIS DA MENTIRA
Psicólogos clínicos têm empregado tradicionalmente, sonhos, associações livres, esquecimentos, atos falhos e contradições para descobrir problemas que os clientes ocultam no setting terapêutico. Freud e seus colaboradores se utilizaram de tais indícios para trabalhar as contradições com os seus pacientes. Outras abordagens terapêuticas também se utilizam de técnicas para detectar contradições e trabalhá-las no mesmo ambiente. O comportamento não verbal aparece como uma fonte de acesso aos estados emocionais do cliente e indica contradições entre o que o cliente diz e o que se manifesta em seu comportamento, sendo que o terapeuta pode empregar tais dados em seu trabalho. O psicólogo deverá ficar sempre atento à dissimulação e ter habilidade para detectar a mentira que, às vezes, pode ser danosa, perigosa e até mesmo prejudicial para os envolvidos. É fácil imaginar situações onde a mentira gera implicações graves e, portanto, é necessário identificá-la o mais rápido possível. Essas situações são muito diferentes daquelas que envolvem, por exemplo, a mentira social.

BRASIL EM 1º LUGAR


A máxima "cada povo tem o governo que merece" se aplica muito bem ao fato de o brasileiro não saber votar, quando aceita que o candidato-clientelista - aquele que troca o voto por algum favor - entre em suas casas e, depois, passe a representar interesses que não sejam seus, criando leis ou defendendo outras que permitam sermos, por exemplo, recordistas em carga tributária, pagarmos taxas de água, luz e telefone, planos de saúde, combustíveis, seguro e carros pelo menos duas vezes mais do que pagam nos EUA que, mesmo como o mais rico do mundo, não possui potencial energético e uma mão de obra tão disponíveis como o nosso. Aliás, quando trata-se de pagamento de impostos escorchantes e pouco retorno para a população ficamos no mesmo nível de países pobres, bem abaixo de qualquer linha da dignidade. Enquanto o governo sacrifica seus cidadãos, retirando deles cinco de seus salários a cada ano, continuamos, segundo o IBGE, com quase 10% de analfabetos, com as regiões Nordeste e Norte, respectivamente, ocupando esta aviltante liderança no ranking. Muito se falava da ditadura militar como a responsável em manter a educação brasileira em patamares assim,- ou piores ainda, como eram -, alienada e subjugada ao regime. Sem tirar dela sua histórica culpa, o fato é que, hoje, o Brasil aperfeiçoou a figura do assistencialismo onde os diversos benefícios "facilitam" a manutenção do clientelismo e do brasileiro que não sabe ler nem escrever e do analfabeto político, aquele que não sabe votar, permitindo, ainda, que se morra sem atendimento médico, por falta de segurança e, se tiver sorte, recebendo míseras aposentadorias e salários baseados em dólares americanos.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

SEM CULTUAR A PÁTRIA


Ou o Sete de Setembro já nos entusiasmou muito mais no passado -e sou um autêntico nostálgico- ou está mesmo faltando civismo dentro de nossos corações, provocado por um motivo muito forte. Lembro-me de, lá pelos anos 60 e 70, torcer para chegar logo este dia quando participava dos eventos ou desfilando pela escola ou assistindo às paradas cívicas na TV e nas avenidas da cidade quase que com os olhos cheios d'água. Chamavam-se desfiles cívico-militares e crianças e pais paravam, literalmente, para ver a banda passar. Talvez movidos pelos maus exemplos da classe política e da parte podre das forças armadas e das polícias, com escândalos de corrupção e outros crimes, os cidadãos já não tenham mais o amor à bandeira, ao hino e aos demais símbolos de nossa pátria, com exceção de dias de campeonatos esportivos. Talvez não se lembrem nem do que representa termos alcançado a independência de Portugal, deixando de ser simples colônia e passando a caminhar quase que com as próprias pernas. A data, melancólica do ponto de vista cívico, tem atraído, apenas, o interesse de quem procura fazer dela um feriado prolongado - como este ano -,entupindo estradas a caminho de um prazer muito mais individual, bem longe daquele que objetivava mostrar a força da nação brasileira.

A BRIGA PELOS ESTADOS

Levantamento das últimas pesquisas disponíveis mostra que PSDB lidera eleições para governador em sete estados, ainda que isso não pareça se refletir na votação de José Serra para a Presidência da República
Partidos que lideram hoje eleições para governador

PSDB – Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraná, Piauí ,Roraima, São Paulo - 7
PMDB – Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Rio de Janeiro, Tocantins - 6
PT – Acre, Bahia, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Sergipe - 5
PSB – Alagoas, Ceará, Espírito Santo, Pernambuco - 4
PP – Santa Catarina - 1
PPS – Rondônia - 1
DEM – Rio Grande do Norte - 1
PMN – Amazonas - 1
PTB – Amapá – 1

VEM AÍ O BOLSA-TELEFONE


Trabalhar para quê? Clarice é mãe de dois filhos. Desde que o governo federal de Lula assumiu o voto-assistencial, ela parou de limpar e arrumar casas na Zona Sul do Rio de Janeiro. Voltou com sua família para Natal, sua cidade de origem. Feliz com o dinheiro que recebe dos programas do governo, tais como bolsa-gás, bolsa-escola, bolsa-qualquer coisa, ela agora tem tempo para tomar cerveja na esquina de casa. A única conta que ainda não consegue pagar sem trabalhar é o telefone. Mas o queridão Lula ouviu as preces de Clarice e já disparou o pedido para a criação do Bolsa-telefone. O irmão Nildo é garagista de um prédio em São Paulo. Sem filhos, não tem direito ao bolsa-família. Nem mesmo ao gás. Assim como a irmã, ele quer voltar para o Rio Grande do Norte e já tem tudo planejado. Vai engravidar a mulher, que divide o pequeno cômodo em que moram numa comunidade de baixa renda e entrar com o pedido de bolsa do governo. É um super negócio! Em seguida, Nildo vai parar de trabalhar e tomar cerveja com a família no sol escaldante de Natal. Caro leitor, Clarice e Nildo são personagens criados por essa autora. Suas histórias, no entanto, são a representação do que vem acontecendo com parte do Brasil, desde que o Governo resolveu assumir seu paternalismo social. A Agência Estado acaba de divulgar que o governo federal vai criar um plano de telefonia popular vinculado ao programa Bolsa Família. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) já aprovou a ideia na reunião do Conselho Diretor. O projeto cria um plano de telefonia fixa, com preço reduzido, para os beneficiários que constam no cadastro de programas sociais do governo federal e do Bolsa Família. Inicialmente, os beneficiários irão pagar R$ 15, segundo a proposta que consta no documento a que a Agência Estado teve acesso. O valor, entretanto, ainda está em debate.

Por Renata Steidel (Opinião e Notícia)

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

PRA COMEÇAR A SEMANA

Poema DA MENTE
Affonso Romano de Sant`Anna

Há um presidente que mente,
Mente de corpo e alma, completa/mente.

E mente de maneira tão pungente
Que a gente acha que ele mente sincera/mente,
Mais que mente, sobretudo, impune/mente...

Indecente/mente.
E mente tão nacional/mente,
Que acha que, mentindo história afora,
Vai nos enganar eterna/mente.

sábado, 4 de setembro de 2010

AMÉM!

Em um mês, o Brasil além de conhecer seu novo presidente e o vice, também saberá quem serão os senadores, governadores e deputados estaduais e federais que irão nos representar. E receber salários completamente incompatíveis com a realidade brasileira, cotas de passagens aéreas, planos de saúde vitalícios, residências oficiais, direito a nomeações em cargos públicos - e privados também - e diversas outras mordomias que já fazem parte do pacote de bondades dos governos e da cultura de um povo outrora chamado de "bonzinho e que não sabe votar". Isso sem falar na impunidade e na imunidade também garantidas pelos cargos e pela frágil e famigerada lei (blindada por eles mesmos) a cada dia mais fora do contexto mundial de países sérios, cujo povo não permite nenhum excesso. Ninguém em sã consciência está a propor que nos tornemos, do dia para a noite, uma Suécia, onde os deputados e vereadores, muitas vezes, sequer recebem salário, não têm gabinete, trabalham em casa e o país funciona muito bem sem mordomia para os políticos. Farra aérea, cartões corporativos e coisas assim, nem pensar. Mas também não se admite, mais, que os cofres públicos, quando não arrombados, continuem servindo para servir a interesses políticos em detrimento de serviços de saúde, educação, segurança pública e saneamento de baixíssima qualidade. Ou para perpetuar a espécie e os ditos benefícios sociais, as bolsas-esmolas, para todo o sempre.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

JB 100% DIGITAL

SITES MAIS INFLUENTES

PURO CORONELISMO

O episódio da quebra de sigilo da filha do presidenciável José Serra mostra o jogo sujo em que transformaram as eleições no país. Ele lembrou, em algumas particularidades, o do caseiro Francenildo Santos que tornou-se um símbolo contra o vale-tudo para se intimidar alguém, além de provocar uma grande mobilização nacional, principalmente entre aqueles que não aceitam meios ilegais - e a força - para se conseguir resultados favoráveis a qualquer custo. Agora que todos viram tratar-se de uma manobra para desmoralizar um dos candidatos, através de membros de sua família, cabe a nós, eleitores, avaliar bem estas atitudes e à Justiça encontrar culpados e, independente de serem membros do governo ou não, puní-los exemplarmente. A sociedade não aceita mais a intolerância e gestos que lembram ditaduras e movimentos neoleninistas que parecem querer trazer de volta ou implantar.

MAIS DE 50 MIL ACESSOS...


... E A SATISFAÇÃO DE SABER QUE ESTAMOS SENDO ÚTEIS. VALEU A PERSISTÊNCIA, A CURIOSIDADE E, PRINCIPALMENTE, A CONFIANÇA DE VOCÊS!!!

COM OS PÉS NO CHÃO

Existem, basicamente, três formas de se entrar na política. A primeira, mais conhecida e frequente, hoje, é a hereditariedade "forçada". O pai foi político, apresentou o filho que fez o mesmo. Idem para irmão, tio e etc. A segunda
é o excesso de recursos (grana) a convencer o eleitorado a perpetuá-lo. A terceira é a vocação, o dom, o esforço para se atingir um objetivo. Muita conversa, muito empenho e, de repente, o cara chega lá. É a política tradicional, o caso do companheiro Fernando Guida que, desde garoto, desde os tempos de colégio quando tentava convencer os colegas através da conversa, busca um espaço com os pés no chão e com muita luta. E foi com este espírito que o encontrei na rua, pedindo votos, abraçando amigos, tentando convencê-los e distribuindo santinhos para sua campanha a deputado estadual.

N.B: ...e ainda percorre municípios, como pretende fazer indo a Quissamã no próximo dia 12.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

JB 1º Setembro de 2010


CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR!